Instituto Americo Buaiz celebra um ano e reúne entidades apoiadas em comemoração

A proposta do Instituto Americo Buaiz é divulgar o trabalho de organizações sociais e estimular a solidariedade usando a força da comunicação

Diretores do IAB e representantes das entidades apoiadas prestigiaram o evento

O evento aconteceu na manhã desta segunda-feira (05), no auditório do Instituto João XXIII, umas das instituições parceiras do IAB. Quem também marcou presença na festa foi o coral do Serviço de Engajamento Comunitário – Secri, que também é apoiada pela instituição aniversariante.

No primeiro ano, a entidade firmou parcerias com quatro entidades: Lar do Idoso Monsenhor Alonso, Instituto João XXIII, Serviço de Engajamento Comunitário – Secri e Associação Albergue Martim Lutero. Após completar um ano, o trabalho continuou firme e, no segundo semestre do ano, o apoio foi realizado em prol do Instituto Ponte e Fundação Beneficente Praia do Canto.

Foto: Everton Nunes
Americo e Mariana Buaiz, diretores do IAB.

O diretor-presidente do IAB, Americo Buaiz Filho, afirma que proporcionar a visibilidade às instituições sempre foi uma preocupação do Grupo Buaiz e do fundador, Americo Buaiz. Segundo Americo Buaiz Filho, o IAB chegou para institucionalizar e organizar este apoio. “Estamos muito felizes de completarmos um ano cumprindo a nossa missão de dar visibilidade a outras instituições que já estão com causas muito nobres em andamento. Em um país com os desafios que o Brasil tem, a gente não pode se ater apenas ao lado empresarial, conjugando o verbo ter. Nós temos também que nos adentrarmos ao lado social, conjugando o verbo ser”, disse.

“Eu sempre digo que, hoje para mim é inconcebível que um líder empresarial não seja também um líder social”
Americo Buaiz Filho

Para a diretora vice-presidente do Instituto, Mariana Buaiz, o balanço de todo serviço realizado neste primeiro ano de trabalho é positivo, somando diversas ações realizadas com as entidades apoiadas. “No decorrer do ano, fizemos muitas interações, fazendo ações que cada instituição requisitava, como exposições, recolhimentos de livros, doações. A gente avalia cada uma dentro da sua necessidade e hoje a gente comemora esse saldo, que é bem positivo”, afirma.

A última entidade apoiada em 2018 foi a Fundação Beneficente Praia do Canto. Segundo o diretor-geral da entidade pastor Cláudio Quintes, o apoio recebido do Instituto Americo Buaiz proporcionou uma visibilidade que antes não existia. “O Instituto Americo Buaiz deu muita visibilidade ao que nós já havíamos fazendo há muitos anos. Nós já tínhamos um trabalho de qualidade, com base no amor e acreditando no potencial de todas aquelas crianças, mas isso não era percebido pela maioria da sociedade. O IAB veio e deu essa credibilidade para um trabalho que já vinha funcionando há muito tempo”, relatou.

Foto: Everton Nunes

Todo o trabalho do IAB é realizado com o apoio da Rede Vitória de Comunicação, que engloba a TV Vitória, o jornal online Folha Vitória e a rádio Jovem Pan Vitória. Para o diretor-geral da rede, Fernando Machado, a parceria foi uma decisão acertada para que a rede esteja sempre atento às necessidades do Estado. “O Instituto Americo Buaiz deu oportunidade para quem faz coisas bem feitas, como diversas entidades, para usar desses canais da Rede Vitória de Comunicação para dar seu recado e estimular os seus voluntários. Acho que ganhamos todos”, disse.

Fernando Machado ainda reforça o compromisso com a sociedade de sempre dar visibilidade ao trabalho bem feito para o bem comum. “Toda instituição que tem, de fato, um trabalho bem feito, junto à sua coletividade, tem sempre espaço na Rede Vitória. E nós fizemos de uma maneira sistematizada, selecionando essas entidades e abrindo espaço para que eles deem o seu recado, apresente as suas propostas e mobilize seus voluntários. Esse é o espírito da Rede Vitória e do Instituto Américo Buaiz”, afirma.

Os presentes no evento participaram de uma palestra com a secretária de Assistência Social do Município de Vila Velha, Ana Cláudia Simões, com o tema ‘A importância da comunicação para as organizações sociais na visão do financiador’. Para a palestrante, uma forma de apresentar a comunicação como uma via de dupla importância para as entidades sociais. “Ela (a comunicação) dá visibilidade para dar conhecimento às ações e o público alvo saber que esse trabalho existe. Também dá visibilidade aos potenciais financiadores, pois para conseguir viabilizar a atividade, precisa de recurso”, explicou.

Entidades apoiadas

A primeira ação voluntária foi realizada com os idosos do Lar Monsenhor Alonso, no Parque Moscoso, em Vitória. Eles tiveram uma tarde animada com os voluntários do jornalismo da Rede Vitória de Comunicação. Esta foi a primeira ação da equipe e não faltou alegria, disponibilidade e diversão.

O segundo instituto apoiado pelo IAB foi o João XXIII. Um projeto que já retirou quase 3 mil crianças e adolescentes do risco social, em Vitória. Ao todo, o projeto retirou 2,7 mil crianças e adolescentes do risco social, que é o principal objetivo do João XXIII. Adriana Giuberti acompanha o resultado do projeto idealizado pelos pais há 18 anos.

A terceira instituição apoiada pelo IAB foi o Serviço de Engajamento Comunitário – Secri, uma entidade que tem por missão contribuir para a melhoria da qualidade de vida da comunidade, despertando a consciência crítica por meio da promoção humana.

A quarta entidade foi a Associação Albergue Martim Lutero, que tem por missão acolhe e auxiliar pessoas por meio da assistência à saúde, contribuindo para uma relação saudável de cada indivíduo consigo, com o próximo e com o meio ambiente.

Em seguida, foi a vez do Instituto Ponte, que tem por missão dar oportunidade de educação de qualidade para adolescentes e famílias de baixa renda. O Instituto Ponte é uma organização sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que atua com transparência e meritocracia focada em resultados.

Fechando a lista das primeiras entidades apoiadas, a parceria foi firmada com a Fundação Beneficente Praia do Canto. A instituição é uma Organização não Governamental fundada pela Igreja Batista da Praia do Canto, em 1983, completando 35 anos de trabalho em 2018. O caráter da entidade é beneficente, filantrópico, caritativo, cultural, artístico, instrutivo, científico, literário, recreativo e esportivo.

Voluntariado

O trabalho de apoio do Instituto Americo Buaiz, em prol das entidades apoiadas, é realizado em grande parte por meio de voluntários. Para as ações, são convidados colaboradores de diversos setores do Grupo Buaiz para levar alegria, atenção e um pouco mais de diversão para o público atendido.

Qualquer pessoa pode se tornar um voluntário do Instituto Americo Buaiz. Para isso, basta acessar o Portal do Voluntário, que funciona como uma vitrine em que são divulgadas as demandas por serviço das entidades apoiadas. O apoio às instituições tem data para começar, mas não termina.

Baixe aqui o Slide da Palestra de Ana Claudia Simões

 

Fonte: Folha Vitoria


COMPARTILHAR:

2 semanas ago

5

NOV